DESTINO DOS ANIMAIS SILVESTRES RECEBIDOS PELO CRIADOURO CONSERVACIONISTA DA UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA

Autores

  • Terezinha Fátima Oliveira Universidade do Vale do Paraíba
  • Marcellus P Souza Universidade do Vale do Paraíba
  • Maiara Vlahovic Universidade do Vale do Paraíba
  • Karla Andressa Ruiz Lopes Universidade do Vale do Paraíba
  • Nádia Maria Rodrigues de Campos Velho Universidade do Vale do Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1009

Palavras-chave:

fauna silvestre, conservação, ex situ.

Resumo

A fauna silvestre vem sendo ameaçada pela constante retirada de animais da natureza. Como uma possibilidade de minimizar o problema foram criados empreendimentos que visam a conservação ex situ da fauna, fazendo a recepção, tratamento e reabilitação. O levantamento dos dados a respeito do recebimento e das reintroduções de animais silvestres foi realizado a partir da movimentação do plantel durante os anos de 2012 a 2014. No período amostrado o recebimento de animais totalizou em 3.270 exemplares, sendo 5,44% répteis, 83,42% aves e 11,14% mamíferos. No mesmo período foram reintroduzidos 2.798 animais, sendo 7,58% répteis,  82,02% aves  e 10,40% mamíferos.  Levando-se em consideração os dados apresentados observa-se que foram repatriados na natureza 85,56% dos animais recebidos de 2012 a 2014, indicando um sucesso das reabilitações e na colaboração da conservação das espécies de animais silvestres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Terezinha Fátima Oliveira, Universidade do Vale do Paraíba

CRIADOURO CONSERVACIONISTA DA UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA / CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Downloads

Publicado

2017-01-27

Como Citar

Oliveira, T. F., Souza, M. P., Vlahovic, M., Lopes, K. A. R., & de Campos Velho, N. M. R. (2017). DESTINO DOS ANIMAIS SILVESTRES RECEBIDOS PELO CRIADOURO CONSERVACIONISTA DA UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA. Revista Univap, 22(40), 439. https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v22i40.1009